Trajetória para alcançar os 400km – AUDAX

Audax 400km
Por: Adriana Sousa

Onde me meti? Quando comecei a fazer Audax Randonneurs, no ano passado (2017), era muita satisfação ao concluir 200km, sempre com uma altimetria desafiadora. Conclui todos com sucesso e minha satisfação pessoal estava 100% atingida.

Até que um belo dia, fiz apoio de um amigo, Sandro, nos 400km. Foi bem difícil fazer o apoio, queria estar pedalando e lá estava euzinha, dentro do carro, rodando 400km. Ver os cliclistas, chegando mortos, todos no seu limite, sono, frio, fome, cansaço, me fez enxergar que era possível para mim também, porque nunca será fácil, sempre estaremos no nosso limite.

Neste dia, resolvi que tentaria os 300km! Porém, me encontrava num ritmo mais lento, eu já sabia que seria preciso focar na velocidade para aumentar minha velocidade média. Daí sim, se eu fizesse meus treinos nos 20/22km a média, tentaria de fato, os 300km.

Este mesmo amigo que fez os 400km, me emprestou o rolo e comecei um treino bem cruel, 2x por semana, 2h de rolo… Hummm triste, o tempo não passava.. Aí adicionei um aliado aos meus treinos: a série “Breaking Bad”, 3 episódios por treino! Rsrsr, ficou um pouco menos massacrante. (Estou na temporada 4ª, 5º episódio… treinei bastante kkk)

Consegui a média desejada nestes treinos e resolvi que tentaria os 300km.

Algumas vezes que fiz os 200km, pedalei também com o Fabio, e tive o prazer de conhecer ele e a namorada. Um casal muito lindo e cheio de companheirismo. O Fabio, mesmo já tendo feito os 300km 1x, topou fazer de novo. Escolhemos a prova no litoral, 08/08/2018, com o desafio de subir a serra de Maresias de 7km e a serra seguinte com mais 20km, uma sequência de morros sem fim, vários pontos sem acostamento.

E o grande dia chegou! E ainda, já estava acontecendo, olha euzinha lá no meio das serras e morros:

Audax 300km – Serra de Maresias

Conseguimos finalizar, chegamos mortos, mas a satisfação e realização pessoal haviam sido 100% atingidas.

Claro que saímos de lá falando que não faríamos os 400km, muito sofrimento, dores e que aquilo não era humano.

Uma semana depois, estávamos olhando o Calendário, ainda com dores, mas achando que TALVEZ fosse possível… Um mês depois estávamos nós dois, eu e o Fabio, tentando os 400km pela primeira vez. A Ana, namorada do Fabio, fez nosso apoio (só tenho que agradecer milhares de vezes, ela foi super parceira e guerreira, não é fácil fazer apoio).

Nestes 400km, teríamos uma serra que finalizava nos 200km, pensei que se chegássemos neste PC sem estourar o tempo, mandaríamos a prova. Chegamos… 200km com 32km de pura subida… Sofrimento total…. FOME… Quase assaltei uma menina que comia uma mexerica. Um ciclista me ofereceu castanha e eu por educação recusei… Sabemos que subimos com comida contada e seria uma grosseria aceitar, bom… Pensei naquela mexerica e nas castanhas nos últimos 8km sem tirar as imagens da minha cabeça e com o pensamento “poderia ser uma assaltante de mexericas ou ser sem educação e aceitar todo o pacote de castanhas, acho que tais atitudes uma vez na vida, não teria me feito mal :)”.

Alguns quilômetros antes do início da serra, tive um “momento fofo” com o Fabio, e agradeci ele e a Ana por serem tão especiais. Eu não tentaria 400km sem apoio, e pedalar com alguém essa longa distância, também é muito especial. Bom, conto isso porque a subida da serra me transformou (num monstrinho, óbvio)…. Como no parágrafo anterior já demostrei isso, nestes 8km finais da subida, também escondi meu momento fofo e falei que se ele e a Ana não existissem na minha vida, eu estaria tranquila no meu sofá, sem sofrimentos… Rsrsrsr super culpados eles pela minha loucura 🙂

Audax 400km – Concluídos com sucesso

Enfim… Mandamos os 400km em 25h30, com muito frio, muito messssssssmo, muita fome e sofrimento. Já terminamos falando que estávamos prontos para os 600km dia 07/09/2018… Um mezinho de puro treino. VAMOS TENTAR e esperar mais uma vez ter sucesso, mas conscientes de que TENTAR já é um SUCESSO!

Rumo aos 600km

Para maiores informações referente às provas, segue o site oficial:

http://www.randonneursbrasil.org/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s