Conhecendo melhor as proteínas de origem animal e vegetal

Fala-se muito de que as proteínas fortalecem os nossos músculos. E é verdade, porém, existem muitas outras funções importantes da proteína: a regulagem do nosso corpo, a função imunológica de apoio e uma variedade de outros papéis em nossa fisiologia.

O nosso organismo é composto por cerca de 250 mil proteínas diferentes, as quais são formadas por 20 aminoácidos, sendo que o nosso corpo é capaz de fabricar apenas 11 deles.

Os outros 9 são os chamados aminoácidos essenciais e como não podem ser sintetizados ou produzidos pelo corpo humano, precisam ser adquiridos através dos alimentos.

Alimentos de origem animal

Alguns alimentos como as carnes magras, os ovos, o leite e seus derivados contêm os 9 aminoácidos essenciais e também os 11 não essenciais que o nosso organismo precisa para funcionar corretamente e assim produzir as tais 250 mil proteínas.
Isso significa que devemos ingerir somente proteínas de origem animal?

Não, até por que mesmo contendo todos os aminoácidos essenciais, implicam no consumo de grande quantidade de gordura, o que não ocorre com as proteínas vegetais.

Alimentos de origem vegetal

Para os alimentos de origem vegetal que contém os 11 aminoácidos não essenciais porém, não contêm os 9 aminoácidos essenciais, basta serem combinados com outros alimentos, não necessariamente de origem animal. Além disso, por exemplo: o grão-de-bico, a soja, alguns feijões, trigo-sarraceno, quinoa, amaranto, sementes de cânhamo e pistache, todos esses contém os 9 aminoácidos essenciais.

Assim, se fizermos um prato que combine lentilhas (ricas em lisina, pobres em metionina) com arroz integral (rico em metionina e pobre em lisina), obteremos uma refeição com proteínas completas.

Lembrando que não é necessário combinar as proteínas sempre na mesma refeição, mas também durante as refeições ao longo do dia.

Assim, como precisamos não apenas de proteína, mas basicamente também de carboidrato, gordura, vitaminas, minerais e água, é essencial para que o nosso corpo funcione corretamente, incorporar o máximo de variedade possível de alimentos no dia-a-dia, seja com frutas, legumes, cereais integrais, nozes, sementes, proteínas animais e vegetais, gorduras saudáveis e bastante água.

E para uma dieta mais direcionada, procure um nutricionista e arrase!

Bom apetite!

Referências:
Stanford University – Food and Health
mdsaude.com
bbc.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s